MÚSICA

Yoko Ono foi reconhecida como coautora de “Imagine” 46 anos depois

“Imagine” foi eleita Canção do Século, e a artista recebeu, oficialmente, o crédito por sua composição
Por: LIFETIME Brasil

A música é realmente poderosa: uma canção é capaz de mudar vidas, revolucionar o mundo e desafiar a passagem do tempo. E não há exemplo melhor disso que o hit de John Lennon de 1971, “Imagine”.

 

Essa canção lendária foi premiada recentemente com o Centennial Song Award, da National Music Publishers’ Association, e, durante a cerimônia, Yoko Ono teve uma agradável surpresa. Bem, o principal motivo de sua presença não era, como acreditava a artista japonesa, receber o prêmio em nome do seu falecido marido, mas ganhar o crédito de coautoria de “Imagine” de maneira oficial. Já era hora!

 

A música, com sua melodia doce e cativante e sua letra esperançosa, marcou uma época, tocando milhões de corações ao redor do mundo e, claro, deixando ainda mais viva a chama do sucesso do seu talentoso intérprete.

 

Yoko teve um papel fundamental durante a composição de “Imagine”, mas sua colaboração ficou escondida nas sombras, como se o fato de ser acusada pela separação dos Beatles não fosse suficiente!

 

Tempos depois, em uma entrevista de 1980 à BBC, Lennon revelou a verdade: “Muitas coisas da música, da letra e do conceito vieram de Yoko. Naquela época, eu era um pouco mais egoísta, um pouco mais machista e deixei de mencionar sua contribuição”. As palavras do músico significaram um grande avanço para o casal, mas foi necessário quase meio século para que o trabalho de Ono fosse reconhecido oficialmente.

 

Agora, ao escutar a música icônica, imaginaremos um futuro brilhante, um mundo em que, nós, mulheres, recebamos o crédito que merecemos por nosso trabalho, e no qual nossas vozes sejam ouvidas. Dirão que somos sonhadoras, mas não somos as únicas!

 

Você conhece outras músicas escritas por mulheres que mudaram o mundo? Não deixe de assistir a nova série The Pop Game. Estreia domingo, 2 de julho, às 21h10.