MOMENTO LIFETIME

Você não parece uma mãe?

Uma fotógrafa retrata mães que “não se veem como mães”
Por: LIFETIME Brasil

A imagem daquela mulher que fica em casa, dedicando-se em tempo integral à criação dos seus filhos e às tarefas do lar, sem se preocupar com sua imagem, sua vida social e sua carreira profissional talvez pareça antiquada. No entanto, as normas sociais e culturais associadas à maternidade ainda continuam, e muitas mães que não se adequam a elas têm que sofrer suas consequências.

A fotógrafa Celia Sánchez viveu essa situação na própria pele de maneira radical. Desde que deu à luz seu primeiro filho, aos 23 anos, percebeu que sua aparência não coincidia com o estereótipo de mãe que impera no mundo atual. Todos os dias, recebia comentários sobre isso, e o mais frequente era: “Você não parece uma mãe”.

Mas, quem diz como uma mãe deve aparentar? Mais de 10 anos depois de seus primeiros passos na maternidade, já com dois filhos, a artista decidiu explorar essa pergunta através, claro, da fotografia.

Sua série Devoted retrata mães não convencionais, mulheres fortes e originais que foram estigmatizadas por não parecerem “maternais”. Cada uma delas protagoniza duas fotografias: na primeira, estão sozinhas, olhando para a câmera de maneira desafiadora e, na segunda, pousam alegres ao lado de seus filhos.

Tatuagens, cabelos de cores brilhantes, maquiagens e piercings por todas as partes: com essas imagens, Sánchez quer mostrar o mundo das mães que não obedecem aos estereótipos, que não mudaram sua aparência nem seu estilo de vida depois de ter filhos.

No entanto, sabemos bem que o espectro de mães “não convencionais” é muito mais amplo que o apresentado pela fotógrafa, e que, na terra das mães que permaneceram fiéis à sua personalidade habitam todos os tipos de mulheres, singulares e únicas.

 

Já lhe disseram alguma vez que você não parece uma mãe? Se quiser conhecer uma mãe incrível e não convencional, não deixe de assistir a nova temporada de “Jane the Virgin”, toda quarta, às 21h10.

 


IMAGENS: Celia Sánchez/Devoted