MAIS LIFETIME

Quem é a mulher que inspirou Roma, o filme de Alfonso Cuarón

Todos estão falando de Roma, o último filme de Alfonso Cuarón, que se tornou um sucesso em nível mundial. Roma ganhou o Leão de Ouro no Festival de Veneza; o Globo de Ouro; o BAFTA e muitos outros prêmios de diferentes associações e academias de cinema ao redor do mundo.

É o primeiro filme mexicano a receber 10 indicações ao Oscar e se tornou o favorito para ganhar as categorias de Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Filme.

Mas o que nem todo mundo sabe é que a história de Roma é baseada nas recordações de infância de seu diretor, Alfonso Cuarón, e que sua personagem principal, Cleo, é inspirada em uma pessoa de carne e osso: Liboria Rodriguez, ou ‘Libo’, como Cuarón a chama carinhosamente.

 ‘Libo’ é uma mulher de origem mixteca (ameríndios habitantes dos atuais estados mexicanos de Oaxaca, Guerrero e Puebla, a chamada região Mixteca) que chegou à Cidade do México em 1962 e começou a trabalhar para a família de Alfonso Cuarón, na colônia Roma, quando o futuro diretor tinha apenas 9 meses de idade.

Cuarón cresceu com ‘Libo’, a quem chegou a ver como uma segunda mãe. Roma é o primeiro filme do diretor dedicado completamente a ‘Libo’, ainda que ela mesma tenha feito participações em outros de seus filmes, como E sua Mãe Também, no qual prepara um sanduíche ao personagem de Diego Luna. 


Condenada injustamente por porte de drogas, jovem consegue fugir da prisão e agora terá de provar sua inocência. FUGITIVA AOS 17 - Segunda, às 22h20 no Lifetime Movies!


Fonte: Mexico.as.com