MOMENTO LIFETIME

Os cinco colegas de quarto mais assustadores do mundo

Sem dúvida, dividir um apartamento não é fácil. Desde as brigas clássicas sobre a limpeza do local até os ritmos de vida incompatíveis, qualquer um que tenha convivido com uma pessoa estranha sabe do que estamos falando. Mas, às vezes, as coisas ficam um pouco mais sombrias. Abaixo, contamos cinco histórias reais que o farão reconsiderar seriamente a ideia de alugar esse quarto desocupado para economizar um pouco de dinheiro.

 

Hayley King, a envenenadora do campus: em 2015, a estudante da Universidade da Carolina do Sul, Hayley King foi presa pela polícia local após suas companheiras de quarto a filmarem envenenando suas comidas. As jovens tinham decidido deixar uma câmera escondida na residência porque o comportamento estranho de Hayley as assustava. No vídeo, Hayley, com 22 anos, é vista cuspindo e misturando diversas substâncias químicas na comida de suas companheiras.

 

Angus Wallen e Kara Winn: o jovem casal assassinou seu companheiro de apartamento, incendiou a casa com o cadáver dentro e fugiu com o carro e o cartão de crédito da vítima. Angus e Kara (ambos com 27 anos) afirmaram, no julgamento realizado em decorrência do crime hediondo, que seus delitos foram inspirados no filme de 1994 “Assassinos por Natureza”.

 

Pedro Bravo, o assassino do celular: Pedro Bravo foi condenado à prisão perpétua pelo assassinato de Christian Aguilar, seu companheiro de quarto na Universidade da Flórida. Pedro, que tinha ciúme da relação de Christian com sua ex-namorada, matou-o e enterrou seu corpo na floresta. A polícia acusou o jovem com base no histórico do seu telefone celular, no qual foi encontrada uma pergunta que chamou a atenção: “Onde escondo meu colega de quarto?”.

 

Zachary Penton e seus tweets de terror: Recentemente, Zachary Penton, de 21 anos, foi preso pelo homicídio de seus colegas de quarto. Alguns dias antes do crime, Penton havia tuitado que queria “matar cruelmente” seu companheiro. Aparentemente, uma discussão calorosa entre os dois jovens foi o que causou a tragédia.

 

Rick Medina, o Power Ranger assassino: O ex-ator da série “Power Rangers” foi acusado de assassinar seu companheiro de quarto. A promotoria disse que, após um forte desentendimento, Ricky o feriu mortalmente com uma espada de samurai. Embora o ator tenha sido solto, suas habilidades adquiridas combatendo as forças do mal mantêm vivas nossas suspeitas.

 

Qual foi sua pior experiência com um colega de quarto? Se quiser saber mais sobre convivências radicais, não perca “O Inquilino Misterioso”, esta quarta, às 22h.

 

 


IMAGEM: Shutterstock.com