MAIS LIFETIME

Meghan Markle sempre quis ser a nova princesa Diana, diz biografia

Futuro membro da realeza britânica, Meghan Markle sempre quis ser uma espécie de princesa Diana contemporânea, diz biografia lançada recentemente. 

O livro "Meghan, A Hollywood Princess" (Meghan: uma princesa de Hollywood), de autoria de Andrew Morton, especialista na monarquia britânica, diz que a atriz de 36 anos, que se casará com o príncipe Harry no próximo dia 19 de maio, é muito chegada às causas sociais, mas também esconde um caráter extremamente calculista, com metas bem claras. 

Morton ouviu amigos de infância de Meghan e descobriu que ela sempre foi fascinada por Diana, a mãe de Harry. Ela admirava as causas humanitárias que a princesa liderou até o dia de sua morte, em 1997, num acidente de carro em Paris. 

O autor afirma ainda que Meghan sempre soube conduzir muito bem sua carreira, é bastante ambiciosa e preocupada com a própria imagem. 

Tanto que, ao atingir certo sucesso por causa da série “Suits”, em que era a personagem principal, ela começou a mudar seu círculo de amizades. 

"Seus amigos constataram a mudança", diz o biógrafo. "Parecia estar recalibrando cuidadosamente sua vida, fazendo novas amizades com aqueles que poderiam polir e impulsar sua carreira".

O senso de justiça da futura duquesa é fortíssimo. Aos 11 anos, liderou uma campanha para que a gigante Procter & Gamble mudasse a abordagem da propaganda de uma máquina de lavar. Em vez de ser direcionada somente a mulheres, deveria apelar para todas as pessoas em geral. E conseguiu! 

Markle é formada em teatro e relações internacionais pela Universidade de Northwestern, nos EUA.


Não perca na próxima quarta, 16 de maio, às 22h, a superestreia de HARRY & MEGHAN: UM AMOR REAL, o filme que revela a história do casal o momento. 


Fonte: EM | Imagem: Kathy Hutchins / Shutterstock.com