MAIS LIFETIME

Mais de 100 países ainda proíbem mulheres de exercerem certas funções

Um estudo realizado pelo Banco Mundial revelou que em pelo menos 104 países as mulheres ainda são proibidas de desenvolver certas atividades. 

Em alguns locais elas não podem, por exemplo, conduzir um trem ou ser capitã de um navio. Em outros, são legalmente impedidas de trabalhar à noite ou em setores “moralmente inapropriados”. Também são proibidas de abater gado, aves ou mesmo pequenos ruminantes. 

Existem quatro países onde elas são totalmente impedidas de trabalhar. Em outros 18, os maridos podem legalmente exigir que elas parem de trabalhar. A Rússia é a campeã, com 455 restrições.  

O pior de tudo é que algumas dessas leis são recentes. No Vietnã, por exemplo, desde 2013 as mulheres não podem mais dirigir tratores. 

O estudo revela que, no mundo, 2,7 bilhões de mulheres têm menos opções de emprego que os homens. 

Em outros, as coisas estão melhorando aos poucos. Bulgária, Kiribati e Polônia removeram todas as restrições à mão de obra feminina. Congo e Colômbia abriram mão de algumas. Mas a estrada ainda é bem longa. 

Veja algumas das restrições mais absurdas ainda vigentes no mundo: 

 


Você toparia casar com alguém que nunca viu? CASAMENTO À PRIMEIRA VISTA - toda terça, 21h30!


Fonte: Economist