UNREAL

Mãe e filha: a relação mais complicada

Amor e ódio, competição e cumplicidade, dependência e rebeldia, e muito mais...
Por: LIFETIME Brasil

A relação mãe-filha é uma das mais importantes e especiais da vida. Mas, ao mesmo tempo, é a mais conturbada e misteriosa. Tudo o que é dito, até o comentário aparentemente mais inofensivo, pela boca de uma mãe, ganha um significado totalmente diferente. Cada palavra de incentivo, cada opinião, cada pergunta carrega consigo o peso de uma história complicada.

Como filhas, vivemos, e muitas de nós continuam vivendo, os lados mais obscuros dessa relação na própria carne. Na adolescência e na juventude, diante dessa mulher que amávamos e odiávamos, de quem dependíamos em diferentes aspectos (emocionais, econômicos...), que nos envergonhava ter por perto, mas que, ao mesmo tempo, precisávamos mais que ninguém, nos fizemos uma promessa: não repetir a história.

Mas, com o tempo, percebemos que isso era impossível. Como se nosso esforços funcionassem na direção contrária; quanto mais tentamos evitar nos tornar como nossas mães, mais nos parecemos com elas! Esse dilema pode ser ilustrado com um exemplo simples, com o qual certamente você se identificará:

Uma adolescente quer ir a um grande show, ao qual todas suas amigas irão. Quando chega o momento, ela sai de seu quarto toda maquiada e vestida de forma bastante ousada. Nessa hora, a mãe tem duas possibilidades: criticar sua roupa e proibi-la totalmente de ir ao show porque lhe parece arriscado, ou então apoiar sua grande ideia, vestir-se de forma parecida e insistir em acompanhá-la, como uma amiga a mais. Por mais extremas que essas opiniões pareçam, nada que essa mãe diga ou faça estará bem, e o fato vai impactar a filha de várias maneiras.
 
Parece que, como mulheres, possuímos algo ancestral e único, que é transmitido de geração em geração e do qual ninguém, nenhuma mãe ou filha estará a salvo.

Como foi a relação com sua mãe quando você era jovem? É parecida com a que você tem hoje com sua filha? Se você quiser ver algumas situações bem características dessa relação tão complexa, não deixe de assistir hoje a “UnReal”, SEGUNDA, ÀS 23H30.