MAIS LIFETIME

Gravadora deixa escapar que músicas do álbum póstumo de Michael Jackson são falsas

Em 2010 – ano seguinte à morte Michael Jackson – a Sony lançou um álbum póstumo que, supostamente, continha músicas inéditas do Rei do Pop.  

O álbum chegou a atingir o terceiro lugar na parada da Billboard, com quase 230 mil cópias vendidas na primeira semana.

Só que os fãs começaram a desconfiar da veracidade dos vocais apresentados em algumas músicas. A polêmica começou a tomar corpo até virar ação coletiva em 2014, contestando a veracidade da obra.

Em 2018, a Sony deixou escapar que três da canções presentes no disco não haviam sido cantadas por Jackson. A farsa foi revelada durante julgamento no Tribunal Superior de Los Angeles, nos EUA. 

As músicas Breaking News, Keep Your Head Up e Monster foram interpretadas por Jason Malachi, um artista que tem um timbre muito parecido com o de Jackson. As canções também sofreram manipulações digitais. 

Na época do lançamento, até a mãe de Jackson afirmou que as músicas eram falsas. 


No Lifetime Movies desta quarta, dia 29 de agosto, um especial sobre os 60 anos do Rei do Pop. Às 22h20!


Fonte: O Globo | Imagem: Vicki L. Miller / Shutterstock.com