VALORIZE SEU TEMPO

Grande maioria das mulheres com câncer de mama é abandonada pelos maridos

O câncer que mais atinge mulheres no Brasil é também responsável por outro problema: o abandono dos maridos! 

A estimativa é que mais de 70% das mulheres diagnosticadas com câncer de mama perdem seus companheiros no decorrer do tratamento.

Ou seja: além de toda violência do tratamento, elas ainda têm de lidar com a dor de uma separação. 

Outro dado revela ainda que a maioria das mulheres que tiveram câncer perdem o emprego e têm dificuldade de voltar às atividades mesmo depois de curadas.  

Tudo isso acontece no momento de maior fragilidade de suas vidas, quando estão passando por tratamentos pesados de quimioterapia, vendo os cabelos caírem, os dentes e as unhas enfraquecerem, e, em  casos mais extremos, passando pela extração total das mamas – o que acaba por destruir ainda mais a autoestima. 

Não é por acaso que o câncer de mama anda de mãos dadas com a depressão – o que pode elevar o índice de mortalidade em 30% dos casos. 

Por isso os médicos recomendam acompanhamento psicológico antes, durante e depois do tratamento, com ou sem o marido. 

Quando diagnosticado precocemente, o câncer de mama tem 90% de chance de cura total. 

Para não ser pega de surpresa, faça sempre o exame de toque. É rápido, gratuito, indolor e pode fazer toda diferença na vida de uma mulher!  O exame também deve ser feito por homens – que, por incrível que pareça, também podem ser afetados pela doença. 


Fonte: CBN | Imagem: Gisela Merkuur/Pixabay