MAIS LIFETIME

Esporte de mulher: chinesas jogam futebol há mais de 2 mil anos

Pinturas chinesas mostram que futebol é, também, esporte de mulher. E não é de hoje: elas já têm a bola no pé há mais de dois milênios. 

O esporte da época, muito semelhante ao futebol, era chamado cuju. Registros históricos indicam que era praticado há pelo menos 2.300 anos na China. 

Há até pouco, a origem do futebol moderno era atribuída à Inglaterra. Mas na prática não é bem assim. Diversos países têm sua versão do esporte. Os astecas, por exemplo, faziam suas peladas há mais de 3.500 anos – o esporte era considerado sagrado. 

Na Grécia, registros de um esporte similar ao futebol foram descritos pelo historiador e geógrafo grego Heródoto de Halicarnasso.

Na Roma antiga havia o Harpastum, jogado com uma pequena bola e grande violência. 

O chinês cuju era bastante apreciado pelos  imperadores e adorado pelas mulheres. As partidas eram disputadas sempre com dois times de 12 a 16 jogadoras cada. 

O ex-presidente da FIFA Joseph S. Blatter reconheceu, em 2004, que a China era o berço do futebol. Em 2015, a cidade de Linzi aproveitou o reconhecimento e abriu o Museu Nacional do Futebol.

Em 2019 acontecerá a próxima Copa de Futebol Feminina da FIFA, na França. 


Toda quarta, a partir das 21h30, tem episódio de tirar o fôlego de THE NIGHT SHIFT. Não perca!


Fonte e imagem: El País