MAIS LIFETIME

Em 1889, Nelly Bly superou personagem de Julio Verne e deu a volta ao mundo em 72 dias

Era o ano de 1889 quando Elizabeth Jane Cochrane, mais conhecida como Nellie Bly, bateu, na vida real, o recorde de Phileas Fogg, o herói da obra literária de Julio Verne A Volta ao Mundo em 80 Dias. 

Nellie, uma mulher à frente de seu tempo e mãe do jornalismo gonzo, superou Phileas Fogg por exatamente oito dias, ao completar o périplo descrito por Julio Verne em apenas 72 dias.

Antes de conquistar sua proeza, Nellie já havia surpreendido o mundo com a criação de um estilo jornalístico até então nunca visto: ela se infiltrou em um manicômio de mulheres para investigar sérias denúncias de abuso e maus-tratos.

Seu caráter lutador ficou evidenciado muito cedo, quando com apenas 16 anos conseguiu uma vaga no jornal local Pittsburgh Dispatch. Tudo começou quando o editor-chefe leu uma carta que Nellie enviou como resposta à publicação de um artigo machista.

A réplica deixou toda a redação do Pittsburgh Dispatch atônita, que imediatamente decidiu publicar um classificado, convidando a autora da carta a se apresentar nos escritórios do jornal. No dia seguinte, Nellie foi contratada.

Segundo ela mesma conta no livro que escreveu sobre sua volta ao mundo, Around the World in 72 days, um ano antes de viajar, ela havia proposto a Joseph Pulitzer, editor do The New York World, a ideia de realizar a jornada descrita por Julio Verne. 

A direção do jornal respondeu que já havia tido a mesma ideia, ainda que protagonizada por um jornalista homem. Naquela época, uma mulher realizar essa aventura sem a companhia de um homem era praticamente impensável. 

A resposta de Nellie foi imediata: “Muito bem, que um homem comece, e eu começarei no mesmo dia para outro jornal, e ganharei”, disse, sem pestanejar. Claro que Pullitzer também duvidou. 

Nellie conseguiu o trabalho e partiu para a aventura em 14 de novembro de 1889. Enquanto passava pela França, teve tempo de se encontrar pessoalmente com Julio Verne. Eles brindaram juntos pelo desafio e o escritor a desejou boa sorte. 

 

Nelly Bly não lembra quem é, nem porque está internada em um manicômio. Com a ajuda de um jovem médico, ela começa a recobrar a memória… mas suas lembranças podem colocá-la em um perigo ainda maior. FUGA DO HOSPÍCIO: A HISTÓRIA DE NELLIE BLY - nesta segunda, 22h20!


Fonte: publico.es | Imagens: Shutterstock, grantland.com, Wikipedia Commons