VALORIZE SEU TEMPO

Ela teve câncer, perdeu o cabelo e aproveitou para criar uma marca de turbantes

Por: LIFETIME Brasil

A argentina Carmela Bustelo foi diagnosticada com um linfoma de Hodgkin, mas em nenhum momento se deixou vencer pela doença. Aos 21 anos, deu de cara com a morte, mas conseguiu seguir adiante e criar seu próprio empreendimento. Sempre teve claro que não ia se deixar vencer tão facilmente. 

Tudo ocorreu de forma inesperada no ano passado. Após ter uma tosse que não curava, ela fez uma consulta médica para buscar algum remédio que pudesse controlá-la. No entanto, o diagnóstico foi muito mais sério e mudou sua vida para sempre. Após realizar uma série de exames, o pior foi confirmado: ela tinha uma massa maligna do tamanho do pulmão esquerdo. Uma semana depois, o quadro definitivo: era um linfoma de Hodgkin, e ela precisaria enfrentar seis meses de quimioterapia.

Carmela sempre foi orgulhosa de seus longos cabelos até a cintura e acreditava que perde-los seria a parte mais difícil do tratamento. Sabia que inevitavelmente, eles cairiam, e por isso decidiu cortá-los na altura da nuca e fazer uma peruca com o resto. Para sustentá-la na cabeça, fez alguns turbantes com tecidos que tinha em casa. Esse foi o começo do sucesso. Todas as suas amigas adoraram os modelos e perguntavam onde ela os tinha comprado.

Logo o pior momento de sua vida se tornou o melhor. Sob essa premissa, Carmela criou sua própria marca. Começou fazendo dez turbantes com uma amiga que a ajudou a tirar fotos de diferentes modelos. Abriu uma conta de Instagram para mostrar os produtos. No dia seguinte, tinha 1500 seguidores. Mulheres famosas começaram a divulgar os acessórios e o celular não parava de tocar. Garotas escreviam para ela de todos os cantos do país e até marcas reconhecidas a procuraram para revender seus turbantes. 

Carmela diz que “Las Cholas” nasceu para transmitir alegria e segurança. Ela se reconhece como uma pessoa de personalidade forte e segura, e acredita que todos precisam entender que a beleza não passa pelo cabelo ou pelo corpo. Carmela afirma que se sente cheia de vida e muito pronta para seguir seu caminho fazendo o que mais gosta. Ela é alegre e ri da vida, e também da morte. 


Nova temporada de PEQUENAS GRANDES MULHERES! Toda segunda, 20h40. 


Fonte: Infobae