MAIS LIFETIME

“Dez minutos a mais e eu teria morrido”, revela Abby Lee sobre cirurgia de emergência

Abby Lee, que recentemente completou 53 anos, passou por situações muito complicadas nos últimos anos. 

Em uma entrevista ao canal HollywoodLife, ela revelou que esteve a minutos de morrer. 

“Foi durante a cirurgia de emergência que fiz na coluna. Tive complicações no meio do procedimento e o médico disse que, se tivesse demorado dez minutos a mais para tomar algumas decisões, eu teria morrido”. 

A recuperação de Abby tem sido lenta e delicada, com uma rotina severa de tratamentos quatro horas por dia, todos os dias da semana – inclusive sábados e domingos. 

Ter encarado a morte tão de frente fez a instrutora de Dance Moms mudar de postura diante da vida. 

“Tenho novos sonhos a realizar, outras coisas que quero fazer, outros programas que quero criar – e sempre haverá aquela criança que precisa endireitar as pernas e apontar os pés”, diz. 

Os problemas surgiram quando Abby foi diagnosticada com um tipo raro de câncer, o linfoma de Burkitt, associado ao crescimento extremamente acelerado de tumores. 

Foram necessárias 10 sessões pesadas de quimioterapia, medicação intensiva e várias cirurgias – a mais recente para consertar um problema no joelho que a impede de andar. 

“O câncer se foi. Se ainda tivesse aqui, já teria me matado. Esse tipo de câncer é daqueles que ou você elimina de uma vez ou ele te elimina imediatamente”.

No entanto, Abby não se deixa abalar. “Eu sei que muitas mães ficaram felizes por eu passar por algo tão terrível. O porquê disso eu não sei. Elas estavam do meu lado num momento e depois não estavam mais”. 

“Acho que deve haver um roteiro escrito para você, com tudo o que você tem que passar nessa vida”. 


Fonte: HollywoodLife | Imagem: Instagram/Reprodução