MULHERES PROTAGONISTAS

Conheça Tatiana Calderón, a primeira latina na Fórmula 1

Por: LIFETIME Brasil

O que você imagina quando pensa em um piloto de Fórmula 1? 

Muita gente, provavelmente, visualiza um piloto homem, certo? 

Bom, essa associação não é coincidência: apenas cinco mulheres entraram no automobilismo de alta competição – quase como encontrar uma agulha no palheiro. Mas é possível que, finalmente, essa tendência esteja começando a mudar. 

A jovem colombiana Tatiana Calderón assinou recentemente um contrato com a equipe Sauber e sonha em chegar ao número 1 dos rankings internacionais.

Tatiana Calderón

Tatiana nasceu em Bogotá, na Colômbia, em 1993. Desde criança, era entusiasta dos esportes: praticou tênis, equitação e futebol. Mas foi só quando subiu pela primeira vez em um Kart, na pista recreativa do seu bairro, aos 9 anos de idade, que descobriu sua verdadeira paixão. 

“Adorei. Ia todos os dias depois da escola e convenci meus pais que me comprassem um Kart para que eu pudesse competir de forma profissional”, ela conta em uma entrevista.

Rapidamente, começaram as competições, nas quais ele conseguiu se destacar em um mundo masculino e particularmente hostil com as mulheres. No Campeonato Nacional da Colômbia, por exemplo, o pai de um dos competidores disse ao seu filho: “Se essa menina ganhar, eu comprarei perucas para todos”. 

No final, Tatiana venceu a corrida e o homem saiu envergonhado. Não foi a única vez que ela sofreu o sexismo na própria carne, mas essa jovem nunca deixou que nada disso a amedrontasse.

Quando lhe perguntam que conselho ela daria às mulheres que querem se aventurar nos esportes historicamente masculinos, Tatiana é taxativa: “Para mim, o mais importante sempre foi acreditar, e trabalhar duro para isso. A paciência também é importante, porque nem tudo chega de um dia para outro e, nesse processo, temos que passar por algumas etapas”, concluindo de forma triunfal: “Trabalhar pelos seus sonhos sem nunca se render”.


Não perca a nova temporada de UnReal. Segunda, 22h50.


Imagens: Instagram/Reprodução